Empresas que divulgam os produtos na internet têm boas chances de crescimento

Empresas que divulgam os produtos na internet têm boas chances de crescimento

Investir em um site em que o cliente entenda os serviços que são realizados e visualise os produtos oferecidos pela empresa vale a pena. A afirmação é do empresário Cristian Vanin, da Sono&Art, que calcula ter obtido um incremento de 20% nas vendas de colchões depois de “inaugurar” o site do seu negócio na internet, o qual foi desenvolvido por especialistas no assunto. Em 2010, quando abriu duas lojas com espaço próprio, em Florianópolis, Cristian já sabia da importância de ter a extensão da sua empresa no mundo virtual.

“Eu e o meu sócio tínhamos um site em 2010, que havíamos feito para divulgar mais informações técnicas dos produtos. Mas era um site amador, feito por mim. Neste ano, começamos a crescer e ter visibilidade maior no mercado. Foi quando sentimos a necessidade de investir em um site elaborado” – afirma.

Até que o projeto ficasse pronto – o que demorou menos de 45 dias –, Vanin reuniu-se com a empresa contratada por três vezes para acompanhar o desenvolvimento da plataforma e sugerir modificações que julgava necessárias. Os encontros foram importantes para que os sócios entendessem a ferramenta e pudessem, agora com o site pronto, atualizá-lo quando surgem novidades na loja. O ingresso na internet deu tão certo que o empresário vai ampliar os serviços disponibilizados aos clientes na web.

“Pretendemos criar serviço de e-commerce no início do ano que vem. O principal fator nesse caso é a logística, mas estamos nos preparando para isso.”

Eloiza Besouchet, da consultoria B2 Marketing Integrado, da Capital, acredita que o site costuma ser um espelho da empresa e que, a partir dele, o cliente consegue fazer uma pré-escolha das lojas que melhor oferecem o produto que busca.

Fonte: Diário Catarinense, 27/11/2012